Porque o Japão?

japan 1
Porque o Japão?

Por Joseph Kim – Tradução Tiago Hirayama
Veja a original aqui

Sempre me perguntam, Porque Japão?

Japão não parece encaixar como modelo de campo missionário. Japão é a casa das mais respeitadas corporações no mundo, incluindo Toyota, Nintendo, Panasonic, Nissan, e Honda.  Os japoneses são educados, tranquilos, e tem uma reputação de trabalhar duro e honra. Japão é uma das nações mais rica do mundo, tem a terceira maior economia no mundo depois de Estados Unidos e China. Japão é uma nação pacífica e completamente de primeiro mundo. É uma linda nação de muitas ilhas e também tem uma porcentagem de crime mais baixa no mundo. Mas existe um lado sombrio ou em inglês “dark side”…

1. Japão tem uma taxa de suicídios mais altas no mundo. Exceto por 2012 quando a taxa esteve um pouco abaixo de 30.000 pessoas, todo ano durante 14 anos a taxa de suicídio anual chega á 30.000 pessoas. Mais ou menos 18.000 japoneses morreram no terromoto e tsunami em 2011, e mais de 35.000 pessoas cometeram suicídio nesse ano. O Japão tem um tsunami de mortes todo o ano…

2. Hikikomori (significado: puxando para dentro / ser confinado) é um tipo de depressão extrema que parece existir somente no Japão. Embora os numeros oficiais estão por volta de 700.000, e desde de que vários casos não são reportados, alguns estimam que mais de 1.5 milhões de jovens (maioria homens) estão com Hikikomori e tem deixado a sociedade completamente. Alguns tem se trancado em casa e raramente saem se quer uma vez ao dia para comer. Alguns não tem falado ou visto alguém por mais de 2 anos e tem deixado completamente o contato humano. Alguns dizem que é um suicídio interno ou vivem como um cadáver. Veja aqui, aqui, aqui, e aqui.

3. “A industria do Sexo no Japão é digna de estimado 2.5 trilhões de ienes (30 bilhões de doláres), somente em segundo para a industria automobilística”. (via CNN) O Japão tem a maior industria de sexo no mundo por valor financeiro e distritos da luz vermelha são ubíquas no Japão. (Patricia Green, the former director of Rahab Ministries in Bangkok, Thailandia, uma vez dito que 90% da industria do sexo de Bangkok é financiada pelos empresários japoneses. Não que os homens japoneses estejam envolvidos 90% com todas as atividades, mas ao invés financiando devido as suas contas bancárias largas, gastando com atividades ligadas a isso, grande numero de turistas em busca de sexo na Thailandia, etc). E também não é incomum  para os homens japoneses de meia idade pagar garotas de colégio ou escola secundária para elas agirem como compania em um ato chamado como Enjo Kosai, que significa “namoro compensado” mas frequentemente leva a pagar favores sexuais/prostituição adolecente. As jovens japonesas não precisam do dinheiro, mas muitas vezes têm sido dominadas pelo desejo de comprar o ultimo produto eletronico e moda. Clique aqui para um gráfico, e informativo curto documentário da BBC sobre Kosai/prostituição adolecente.

4. 4. Muitos jovens no Japão vivem sem esperança e sem vontade de fazer qualquer mudança. A maioria dos jovens poderia se importar menos sobre a política do país ou políticas econômicas. A afluência às urnas é extremamente baixo para uma democracia de primeiro mundo. Há apatia em todo lugar. Apenas 36% dos estudantes japoneses do ensino médio sentem que vale como uma pessoa em uma pesquisa recente contra 75% para a Coreia do Sul, 88% para a China e 89% para os Estados Unidos. Veja aqui, aqui e aqui.

O Japão é uma nação em mudança:

5. O Japão tem uma das menores taxas de natalidade do mundo, juntamente com as pessoas que vivem mais tempo na terra, o que significa que há muitas pessoas idosas com poucos jovens. Há mais gatos / cães no Japão do que crianças com idade inferior a 16 anos. Veja aqui e aqui.

6. O Japão é um dos países mais caros do mundo para os expatriados. Em 2012, Tóquio foi a cidade mais cara do mundo para expatriados e Osaka foi # 3. O governo japonês, por meio de políticas econômicas do primeiro-ministro Abe conhecidos como Abenomics, tem esvaziado o iene e pelo que os custos diminuíram cerca de 20% no ano passado para aqueles que utilizam o dólar americano. O Japão é ainda um dos países mais caros do mundo.

7. Japão tem duas das maiores áreas metropolitanas do mundo. Tóquio é a maior área metropolitana do mundo, com mais de 35 milhões de pessoas que vivem em sua área metropolitana. População da área metropolitana de Tóquio é aproximadamente equivalente a população do Canadá, 50% maior do que todo o continente da Austrália. Se Tóquio fosse uma nação, pela população, seria o 35 º maior país do mundo. Osaka é 9 ª maior área metropolitana do mundo, com mais de 17,5 milhões em sua área metropolitana. Se Osaka fosse uma nação, seria maior do que 134 nações do mundo, incluindo a Dinamarca, Países Baixos, Portugal, Bélgica, Camboja, Guatemala, e Níger. O Japão em 2011 foi a única nação do mundo com mais de uma cidade / metropolitana entre os 10 maiores do mundo. (Tóquio, Osaka). Nagoya é a terceira maior área metropolitana no Japão, com mais de 6 milhões. O Japão é uma nação densamente povoada, com cerca de metade de seus 125 milhões de habitantes que vivem em apenas três regiões metropolitanas: Tóquio, Osaka e Nagoya.

O Japão é um país com muito poucos cristãos:

8. A taxa japonesa protestante de freqüência à igreja é de 0,22%. (Statos a partir de 2009, veja aqui em japonês.) A porcentagem Cristã total, incluindo os católicos, é inferior a 1%. Fora da taxa de freqüência à igreja protestante de 0,22%, alguns missionários disseram que cerca de 75% são cristãos confessos. Cerca de 75-80% desse número são cristãos evangélicos, e cerca de 10% desse número são cristãos com menos de 30 anos. Enquanto este status não pode ser confirmado, se for verdade, isso significa que menos de 1 em 4000-5000 pessoas com idade inferior a 30 são cristãos evangélicos. (Quase todos os jovens cristãos japoneses que eu tenha estado em contato não conheceu um único cristão a vida inteira – um único primo, tio, tia ou membro da família, nem um estudante ou um vizinho ou colega de trabalho, e a maioria apenas supoem que o cristianismo é igual a algo americano, etc, até que encontrem um missionário ou companheiro cristão japonês.)

* Para comparar a taxa cristã do Japão, com algumas nações vizinhas, a porcentagem de cristãos da Coréia do Sul é de 25% ou superior. A China tem uma taxa de crisitãos por volta de  9%, com mais de 100 milhões de cristãos, tanto na igreja estado e da igreja subterrânea. Até a Coréia do Norte é conhecida por ter uma população cristã entre 1 a 2%, apesar dos missionários não serem permitidos na Coréia do Norte. Houve, no entanto, muito crescimento cristão na fronteira Coréia do Norte / China devido aos esforços dos missionários sul-coreanos nessa área.

9. O Projeto Joshua define um povo não alcançado como tendo um percentual Cristão menos de 2%. Este é aproximadamente o percentual em que um grupo de pessoas é incapaz / ou acha muito difícil reproduzir / evangelizar por conta própria sem a ajuda missionária. O Japão é o segundo maior grupo de pessoas não alcançadas do mundo. Entre os 10 maiores grupos de povos não alcançados, os japoneses não são apenas os mais ricos, mas o único grupo de pessoas que tem 100% de liberdade religiosa – até mesmo a emissão de vistos missionários.

10. As maiores igrejas no Japão são predominantemente coreanas. A maior igreja no Japão tem cerca de 2000 pessoas, Yohan Christ Church, em Tóquio, com a maioria dos adoradores sendo coreanos. A maior igreja japonesa no Japão é cerca de metade desse tamanho, Yamato Calvary Chapel. Ambas as igrejas são na área metropolitana de Tóquio. Na minha cidade, Osaka, a maior igreja japonesa tem 400 japoneses que adoram lá todos os domingos. A segunda maior igreja é uma igreja coreana, com cerca de 40 japoneses entre os seus 380 ou mais fiéis todos os domingos. (O resto são coreanos, etc) Em Nagoya, a terceira maior área metropolitana, a maior igreja é uma igreja coreana com mais de 350 pessoas fiéis que frequentam todos os domingos. A maior igreja japonesa tem cerca de 250 pessoas. Todos esses números incluem crianças. O tamanho médio de uma igreja japonesa é de aproximadamente 15-20 pessoas japonesas, com a maioria das pessoas com mais de 50 anos.

11. Há um trabalhador cristão por 150.000 pessoas japonesas. Esta é a segunda menor taxa do mundo, ao lado de nações islâmicas fechadas, que tem um trabalhador cristão por 500 mil pessoas. (Dados de Michael Oh, Diretor do Movimento Lausanne.)

Por que o Japão?

Simplificando, há tão poucos cristãos (tanto cristãos japoneses e trabalhadores missionários) no Japão – mesmo com 100% de liberdade religiosa – que a igreja não pode se reproduzir por conta própria. Cristãos nos Estados Unidos, muitas vezes me perguntam: Por que a porcentagem de cristão no Japão é tão baixa? Minha resposta é simples: o Japão precisa de mais trabalhadores cristãos. Nós pedimos para que você ore fervorosamente ao Senhor da colheita que envie trabalhadores para a seu campo”, como ele diz em Mateus 9:38.

Em meu próprio contexto com Genesis International College, atualmente temos 14 missionários que se dispuseram no mínimo de 10 anos para servir no Japão, mas não levantaram o apoio financeiro para ser capaz de servir com a gente ainda. Nossa oração é que o Senhor possa prover mais trabalhadores para a Sua grande colheita aqui no Japão não só para o nosso ministério, mas para todo o Japão.

Yokohama 1Nota do Tradutor: Todas as informações dadas aqui são estritamente de fórum informativo. Para os brasileiros que irão ler todas essas informações, gostaria de deixar claro que moro a mais ou menos 10 anos aqui no Japão e que o Brasil tem muitos missionários na ilha do sol nascente, mas até hoje não conheci nenhum que tenha um ministério voltado diretamente para japoneses (isso não quer dizer que não exista), e cujos quais saem do meio da comunidade brasileira para entrar de cabeça dentro dessa cultura e nação, não falo isso como que olhando de fora e apontando o dedo, pois faço parte da mesma comunidade, falo isso porque a igreja reformada brasileira no Japão são minoria, e precisamos muito da oração e também se possivel recursos para ajudar um pastor que esteje disposto a estudar a lingua, a cultura, e mergulhar dentro dessa jornada. Os gastos são altíssimos para aprender a língua, e mesmo conversando com japoneses que trabalham com estrangeiros, tive uma resposta que fiquei um pouco surpreso, uma japonesa me disse que para um estrangeiro dominar a língua como um japones é preciso estudar no mínimo por 10 anos com japoneses, só estudar.
Nesses 10 anos , mais precisamente nos ultimos anos, tenho me dedicado a usar essa ferramenta da internet para alcançar almas aqui no Japão, mas sabemos que a internet vai muito mais longe do que imaginamos. E a batalha se deu muito mais rigorosa do que eu imaginava. Venho humildemente pedir a sua oração para as igrejas no Japão, mas para ser mais específico, ore para que as igrejas reformadas do Japão se unam e se fortaleçam na graça do Senhor, para que possam espalhar o amor pelo verdadeiro evangelho de Jesus Cristo, e para que o Senhor tenha misericórdia em guiar seus escolhidos até as igrejas verdadeiras. Em nome de Cristo Jesus, Amem

Pray for Japan
日本のために祈りましょう
Ore pelo Japão

2 thoughts on “Porque o Japão?

Add yours

  1. Meu maior sonho é evangelizar no Japão, para japoneses mesmo, sou descendente e sei como é uma loucura a vida deles, meu namorado morou no Japão por 10 anos, cresceu ai, ele se converteu no Brasil quando voltou, e temos planos e irmos juntos p evangelizar p essas pessoas!

    Quero te parabenizar e dizer a vc q não desista, tenho certeza q Deus esta usando vc para desperar esses trabalhadores!

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Up ↑

%d bloggers like this: