Bíblia


“A Bíblia é como um magnífico palácio construído de pedra preciosa oriental, composto por sessenta e seis câmaras imponentes. Cada um destes quartos é diferente de seus companheiros e é perfeito em sua beleza individual enquanto juntos eles formam um edifício incomparável majestoso, glorioso e sublime. No Livro do Gênesis, entramos no vestíbulo onde somos imediatamente introduzido para os registros das maravilhas de Deus na criação. Este vestíbulo dá acesso aos tribunais, passando por cada qual chegamos à galeria de imagens dos livros históricos. Aqui encontramos penduradas nas paredes cenas de batalhas, feitos heróicos e retratos de homens valentes de Deus. Além da galeria de imagens também encontramos a câmara de filósofos, o Livro de Jó, passando através do qual entramos na sala de música, o Livro dos Salmos, e aqui nós permanecemos emocionados com as mais belas harmonias que já entraram em ouvidos humanos. E então chegamos ao escritório de negócios, o Livro dos Provérbios, bem no centro do qual está o lema justiça exalta uma nação, mas o pecado é reprovado para qualquer pessoa. Saindo do escritório de negócios nós passamos para o departamento de pesquisa, o Eclesiastes. Em seguida, no conservatório, o Cântico dos Cânticos, onde nos cumprimentam o aroma perfumado dos frutos mais seletos e flores e o doce canto dos pássaros. Quando chegamos ao observatório onde os profetas com seus poderosos telescópios estão procurando o aparecimento do Brilhante Estrela da Manhã, antes do amanhecer do Filho de justiça. Atravessando o pátio chegamos à sala de audiência do rei, os evangelhos onde encontramos quatro retratos de vida do Próprio Rei revelando as perfeições de Sua infinita beleza. E depois entramos na sala de trabalho do Espírito Santo, o Livro de Atos, e além da sala de correspondência, as epístolas, onde vemos Paulo e Pedro, Tiago e João e Judas, ocupados em seus quadros, sob a direção pessoal do Espírito da Verdade. E, finalmente, entrar na sala do trono, o Livro de Apocalipse, lá estamos arrebatados pelo volume poderoso de adoração e louvor dirigida ao Rei entronizado, que enche a vasta câmara. Enquanto nas galerias adjacentes e sala de julgamento são retratadas cenas solenes da destruição e cenas maravilhosas da glória associada com a manifestação vinda do Rei dos reis e Senhor dos senhores. ” Uma rápida viagem através da Escritura. Oh, a majestade deste livro, desde a criação até o ponto culminante. Como cabe a nós ser diligentes em nosso estudo. (John MacArthur)

“The Bible is like a magnificent palace constructed of precious oriental stone, comprising sixty-six stately chambers. Each one of these rooms is different from its fellows and is perfect in its individual beauty while together they form an edifice incomparable majestic glorious and sublime. In the Book of Genesis we enter the vestibule where we are immediately introduced to the records of the mighty works of God in creation. This vestibule gives access to the law courts, passing through which we come to the picture gallery of the historical books. Here we find hung on the wall scenes of battles, heroic deeds and portraits of valiant men of God. Beyond the picture gallery we find the philosophers chamber, the Book of Job, passing through which we enter the music room, the Book of Psalms, and here we linger thrilled by the grandest harmonies that ever fell on human ears. And then we come to the business office, the Book of Proverbs, in the very center of which stands the motto, righteousness exalteth a nation but sin is a reproach to any people. Leaving the business office we pass into the research department, Ecclesiastes. Then into the conservatory, the Song of Solomon where greet us the fragrant aroma of choicest fruits and flowers and the sweetest singing of birds. When we reach the observatory where the prophets with their powerful telescopes are looking for -the appearing of the Bright and Morning Star, prior to the dawning of the Son of righteousness. Crossing the courtyard we come to the audience chamber of the King, the gospels where we find four life like portraits of the King Himself revealing the perfections of His infinite beauty. And next we enter the workroom of the Holy Spirit, the Book of Acts, and beyond the correspondence room, the epistles where we see Paul and Peter and James and John and Jude, busy at their tables under the personal direction of the Spirit of Truth. And finally we enter the throne room, the Book of Revelation, and there we are enraptured by the mighty volume of adoration and praise addressed to the enthroned King which fills the vast chamber. While in the adjacent galleries and judgment hall there are portrayed solemn scenes of doom and wondrous scenes of glory associated with the coming manifestation of the King of kings and the Lord of lords.” A quick trip through the Scripture. Oh, the majesty of this Book, from the creation to the culmination. How it behooves us to be diligent in our study. (John MacArthur)

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Up ↑

%d bloggers like this: